10 de setembro de 2016

Propagandas!

É evidente que qualquer clube profissional de futebol, sobretudo os mais importantes e mediáticos, usam a Comunicação Social, e as ferramentas de comunicação à sua disposição, internas ou externas ao Clube, para fazerem passar a sua estratégia, e os seus interesses circunstanciais.
Agora, está na moda os comentadores afectos ao Sporting virem criticar os comentadores afectos ao Benfica por fazerem parte de uma estratégia colectiva, de índole propagandística, com vista a defender os interesses do Clube da Luz, e a atacar o Sporting, e Jorge Jesus. Embora seja um defensor da liberdade de expressão, acho natural que quem «defende» um Clube no espaço mediático, procure estar alinhado em termos gerais com as orientações e a estratégia do seu Clube.
O ridículo disto tudo, e a fragilidade da acusação dos sportinguistas, reside num ponto: eu vejo um alinhamento muito maior, e um discurso muito mais uniforme, em Dias Ferreira, Eduardo Barroso, Fernando Mendes, Rogério Alves, Paulo Andrade, etc..., do que entre Pedro Guerra, Rui Gomes da Silva ou João Gobern...
Aliás, a última entrevista de Vieira à TVI foi interessante nesse campo, visto que o presidente do Benfica foi confrontado com perguntas incómodas, vindas de Benfiquistas indefectíveis... Seria isto possível com o presidente do Sporting? Duvido muito!
Muita hipocrisia, pois, nisto tudo!

Rodrigo Marques

Sem comentários:

Enviar um comentário